quarta-feira, 13 de janeiro de 2010

A HUMANIDADE EM LUTO

(Foto da Agência Estado)

A grande figura humana, solidária,
médica sanitarista, pediatra e fundadora da Pastoral da Criança,
Zilda Arns, amiga e profissional admirável,
com quem trabalhei por anos,
morre nesta terça-feira, 12.
Ela está entre as vítimas de terremoto no Haiti.
Com certeza, ela vai ao encontro da filha,
Sílvia, morta precocemente,
e a quem ela tanto amou e por quem tanto sofreu a perda


A médica sanitarista Zilda Arns Neumann, fundadora da Pastoral da Criança, está entre as vítimas fatais do terremoto no Haiti da última terça-feira, informou o gabinete do senador Flávio Arns (PSDB-PR), que é sobrinho de Zilda.

Irmã do cardeal-arcebispo de São Paulo, Dom Paulo Evaristo Arns, Zilda estava no Haiti como parte de uma série de visitas a países da região e teria morrido após escombros caírem sobre ela enquanto caminhava na rua.

Segundo o gabinete do senador Flávio Arns, Zilda estava acompanhada de um membro do Exército brasileiro - que não foi identificado - e teria morrido imediatamente.

Nascida em Forquilhinha, Santa Catarina, Zilda tinha 75 anos e morava em Curitiba (PR). Ela deixa cinco filhos e dez netos.

Texto da BBC/ Brasil

2 comentários:

beloto disse...

Otimas palavras. Uma pessao tao especial merece mesmo destaque em todos meios de comunicacao que possam registrar esse momento de tristeza no mundo pelas vitimas e por ela que ja é o icone do Parana.

VMWELTE disse...

Olá, Beloto!

A humanidade ficou bem mais pobre com a morte de Zilda Arns. Agora, é mais um ser iluminado que se encantou.

Grata pela sua participação.

Abraços fraternos;

Vania Mara Welte